DIREITOS DE AUTORIA

È proibida a reprodução, cedência, difusão , distribuiçã0, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio eletrónico, mecânico ou fotográfico dos conteúdos aqui publicados, sem o autêntico consentimento prévio e expresso da autora. Excetuam-se desta interdição os usos autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem, com link respetivo, prática usada neste espaço.
~~~~~~
*** Note que em poesia, o 'sujeito poético ou lírico' não tem que ser o 'sujeito autoral', mesmo que o texto expresse a 1ª pessoa do singular.***

Seguidores

domingo, 23 de setembro de 2018

... A PRIMAVERA ...




... ELOGIO À PRIMAVERA ...
É a época estacional
de sensações paradisíacas!
Quando o tempo fica ameno e brando,
Os olhares detêm-se nas alturas 
na alegre espetativa
de avistarem aves migrantes,
mensageiras da jovial primavera...

🌷

As árvores remoçam em copas renovadas,
os prados ficam multicoloridos,
em profusão de esplendorosos matizes
que perfumam o ar.
Vibra a azáfama de pequenos seres,
entre eles sobressaiem
singelas ou sedutoras borboletas
a esvoaçar em alegres bailados,
beijando corolas irisadas.
 Calorosas danças de acasalamento
surgem do namoro de aves proclamado
em cantos alegres e maviosos.

🌷

 Entre os humanos
irrompe mais graciosidade,
encanto, magnetismo,
sedução, ternura; a primavera é
tempo de viço, vigor e exuberância;
de prodígios e maravilhas!

🌷🌷🌷

 MajoDutra

Sem comentários:

Enviar um comentário

~~~~~~~ 💛 ESTIMADO LEITOR 💛 ~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~ Depois de colocar o seu comentário,
~~~~~~ aceda a «mensagem antiga»
~~~ e leia a que habitualmente lhe deixo.
~~~~~ ~ ~ ~ ~ Muito obrigada... ~ ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~-~~~~~