DIREITOS DE AUTORIA

È proibida a reprodução, cedência, difusão , distribuiçã0, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio eletrónico, mecânico ou fotográfico dos conteúdos aqui publicados, sem o autêntico consentimento prévio e expresso da autora. Excetuam-se desta interdição os usos autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem, com link respetivo, prática usada neste espaço.
~~~~~~
*** Note que em poesia, o 'sujeito poético ou lírico' não tem que ser o 'sujeito autoral', mesmo que o texto expresse a 1ª pessoa do singular.***

Seguidores

segunda-feira, 8 de julho de 2019

~ EM LOUVOR DA ROSA




 ~~ () () ~~
                   Daqui                                                                                                                                          

  ~~~ ()()() ~~~


 Queria a luz de um verbo transcendente,
Digno,  justo , sublime, grandioso,
Suprema habilidade quando gloso
Uma beleza rara, assim, presente.

 *

Essa emoção do encanto que se sente
Ao apreciar tal ser gracioso,
É intensa e completa, pelo que, ouso
Dedicar-lhe um soneto comovente.

 *

Sedosa, delicada, ela extasia
Matizada de cor: ou deslumbrante,
Ou de tom carinhoso que a deifica.

*

Emana divinal, doce fragrância,
A rosa natural e fascinante,
Beleza singular que não se explica.

 ******

 MajoDutra

  
   Soneto

15 comentários:

  1. Linda tua poesia, linda pintura e essa valsa é maravilhosa!Adorei! beijos, ótima semana,chica

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito. Parabéns:))

    Hoje:-Nos trilhos do anoitecer...

    Bjos
    Votos de uma óptima Segunda-Feira.

    ResponderEliminar
  3. A rosa é uma flor muito mágica. Como diz neste seu excelente soneto tem uma "beleza singular que não se explica. É a minha flor preferida.
    E que bom foi ouvir a valsa das rosas!
    Uma boa semana, minha Amiga Majo.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  4. Belo poema, belas imagens... régio presente para mim, que adoro rosas! Obrigado, Majo; meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  5. Um belo soneto, bem ritmado! As rosas encantam-nos o coração.

    Boa semana, amiga!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. Explica a poesia exaltando a mesma é as suas escolhas são maravilhosas!
    Bj

    ResponderEliminar
  7. Imagens lindíssimas de rosas seguidas de um soneto gostoso de ler...


    Proseando num dia

    ResponderEliminar
  8. Amei a postagem. Paragens!


    Aos poucos, de novo...
    Caminhos, ou destinos sem saída.
    Beijos e um excelente dia.

    ResponderEliminar
  9. Olá, Majo

    Que belo soneto! As suas palavras são tão emotivas que quase se sente o odor dessa flor mimosa, que eu adoro. A Valsa das Rosas, um primor.

    Bom descanso.

    Beijinhos

    Olinda

    ResponderEliminar
  10. Mojo, minha querida!
    Gostei muito da sua vista e do comentário. Especialmente por me tratar por amiga, não tem preço...obrigada.
    Só mesmo esses versos delicadíssimos podem explicar uma rosa. A escolha do vídeo foi de muito bom gosto, como tudo o que vc posta. Parece uma pessoa de gosto refinado.
    Beijos e lindos dias!

    ResponderEliminar
  11. A rosa é a rainha das flores... acho eu...
    Gostei imenso do soneto, é magnífico.
    Majo, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  12. Valsa, poema e as rosas
    São de beleza infinita!
    Cada rosa mais bonita...
    Feito jovens glamorosas!

    Porém, Majo, tu esposas
    O soneto - ele é uma fita
    Perfeita! Ele palpita
    Muito mais que uma prosa,

    Qual coração, cujo amor
    Emana em forma de flor
    Pela corrente floral

    Como o sangue de tua veia
    Que o teu poema permeia,
    Sangue/luz de Portugal!

    Parabéns, querida amiga Maju! Grande abraço! Laerte'

    ResponderEliminar
  13. Ah ,Majo! Ainda perguntas se gosto de sonetos! Gosto e aprecio sua bela poesia em todos os estilos! Grande beijo. Feliz sábado.

    ResponderEliminar
  14. E eu te ofereço rosas para teus dias de verão com sintomas de Primavera Majo.
    Lindo teu soneto neste encanto à rainha na leveza e maciez das pétalas, seja em que cor for, será sempre linda uma rosa ofertada e em poesia se deifica belamente como neste inspirado soneto.
    Meus aplausos querida amiga.
    Beijo

    ResponderEliminar

~~~~~~~ 💛 ESTIMADO LEITOR 💛 ~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~ Depois de colocar o seu comentário,
~~~~~~ aceda a «mensagem antiga»
~~~ e leia a que habitualmente lhe deixo.
~~~~~ ~ ~ ~ ~ Muito obrigada... ~ ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~-~~~~~