DIREITOS DE AUTORIA

È proibida a reprodução, cedência, difusão , distribuiçã0, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio eletrónico, mecânico ou fotográfico dos conteúdos aqui publicados, sem o autêntico consentimento prévio e expresso da autora. Excetuam-se desta interdição os usos autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem, com link respetivo, prática usada neste espaço.
~~~~~~
*** Note que em poesia, o 'sujeito poético ou lírico' não tem que ser o 'sujeito autoral', mesmo que o texto expresse a 1ª pessoa do singular.***

Seguidores

terça-feira, 20 de outubro de 2020

... OS DIAS DE HOJE ...



. * . * . *. * . * . * .


 *******

 Perderam brilho, ardor e chama.

Decrescem os dias, aumenta a solitude,

a introspeção é convidada assídua,

já cansativa e impertinente.

Dos dias molhados escorrem nostalgias,

envolvidas em quimeras doces de esperança,

aspirando um porvir purificado, com mais amor,

 justiça, solidariedade e ternura.

*

Deseja-se  que a pungente situação seja extinta,

Vive-se esperando e protegendo a vida.

*

 Sonhos saltitantes, travessos, promissores,

chegam sem qualquer aviso,

semeiam jardins de encantos e alegrias,

embalados por sublimes sinfonias ou

serenatas dolentes e divinais

em auspiciosas vigílias que ornamos de estrelas.

Sonhos que iluminam o olhar, afagam a alma

 numa amenidade que perfuma os sentidos.

*

São eles que nos mantêm firmes e aprumados

na nossa resiliente e teimosa  valentia.

 *****

MajoDutra

Pintura de Andrei Belichenko

34 comentários:

  1. Poema brilhante. Lindíssimo de ler
    .
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. Tempos difíceis, nos quais perdemos a direção dos passos. Tempo de interrogações e de insegurança. Os sonhos o ignoram, felizmente. E neles encontramos alento. Belos versos! Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Com um magistral Adágio dás entrada num poema realista e, simultaneamente airoso e pleno de esperança.
    Afinal a música, o perfume e as estrelas continuam a existir.
    Teu poema, querida amiga Majo, é um afago de alma. Bem hajas, poeta.

    Beijos e saúde.

    ResponderEliminar
  4. Tortos momentos, tortuosos dias; persistente esperança a sonhar um renovador porvir. Reflorir de sorrisos, novo alvor de mundo, poesia de tempos melhores que virão.

    Um abraço. Tudo de bom.
    A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar & Vídeos na arte do viver.

    ResponderEliminar
  5. Que show de poema Majo, lindo com belo chamado de esperança, força e valentia aliada a uma sempre ternura. Os dias não eram assim, mas se assim estão cabe reacender a chama viva que consiga sintonizar esta tríade: justiça, solidariedade e ternura.
    Que feliz inspiração Majo, fiquei encantado.
    Aplausos.
    Beijo amiga.


    ResponderEliminar
  6. Um excelente poema, Majo. Os meus parabéns.
    Grata pela partilha e também pelo tema musical.
    Adoro André Rieu
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
  7. Muito lindo teu poema,Majo! Gostei de ler! De volta ,deixo um beijo e agradeço o carinho! chica

    ResponderEliminar
  8. Perfeito!! :))
    -
    Morre lentamente ...

    -
    Beijos, e um excelente dia de Quarta Feira!

    ResponderEliminar
  9. Gostei muito do poema e adoro Rieu, que já tive o gosto de ver actuando ao vivo em Lisboa.

    Beijinho, bom resto de semana

    ResponderEliminar
  10. Muito belo! Que nunca se extinga a nossa capacidade de sonhar!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde Majo.
    Esses são tempos de fazer faxina na alma, rever prioridades... Aprendizados.
    Boa semana. Bjs.

    ResponderEliminar
  12. Belíssima poema, Majo, linda música, combina muito com os momentos atuais!!
    A pergunta que fica...A prendemos com nossas experiências humanas ou repetimos velhos erros?
    Adorei, abraço!

    ResponderEliminar
  13. Com certeza, tudo a ver com a nossa realidade...
    É bem esse termo Valentia.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  14. Adoro Rieu e o seu poema está cheio de esperança!!! Bj Majo

    ResponderEliminar
  15. São dias sombrios, mas há uma luz algures...
    Vamos continuar a caminhar....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  16. MAjo

    Um poema actual nestes tempos conturbados.
    No entanto um poema cheio de esperança.
    Gosto de André Rieu e gostei da imagem que nos trsnmite uma certa paz.
    beijinhos
    ;)

    ResponderEliminar
  17. Um poema lindo e realista, profundo e confortante.
    Que venham dias de liberdade suave e confiante. Sonhar deve ser a nossa escolha nesses dias, mas sempre com firmeza...
    Bjs

    ResponderEliminar
  18. Um poema tão real mas ao mesmo tempo de uma nostalgia tão bela, Majo! E belo .
    Esperemos que as flores rebentem e enquanto isso, sonhemos com o melhor que ainda podemos usufruir .
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  19. Congratulo-me com o seu regresso ao mundo da blogosfera e que mantenhamos sempre viva a esperança de transformar os nossos sonhos em realidade.
    Abraço poético.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  20. Os sonhos são a cola que tornam a vida consistente.
    O teu poema é excelente, adorei cada verso do princípio ao fim.
    Bom fim de semana, querida amiga Majo.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  21. Bom dia, Majo! Sonhos nos deixam mais confortáveis com a realidade; miragens num deserto. Gostei imenso do seu poema, escrito com muito esmero. "São eles que nos mantêm firmes e aprumados a nossa resiliente e teimosa valentia" . Finalizou de maneira magnifica! Grande beijo.

    ResponderEliminar
  22. Olá Majo.

    Belo poema que deixou, terminando na alusão ao sonho, aquele que tantas vezes, nos permite ultrapassar os maus momentos como os que, neste momento, vivenciamos.

    Acompanho com Vivaldi... melhor, não podia ser.

    Beijinho e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  23. Majo, minha querida amiga,

    Nunca precisamos tanto de valentia e sonhos e fantasias como nos dias de hoje. Nunca imaginei que pudéssemos ter um governo tão medíocre e estúpido quanto o temos em nosso país "nos dias de hoje". Mas há sua poesia atravessando o Atlântico para nos encher de esperança de certeza de que "amanhã será outro dia", como nos ensinou Chico Buarque de Holanda.
    Achei que já tinha passado por aqui outras vezes, parece que sim, parece que não. Vou olhar com carinho outros poemas e estarei aqui me agasalhando nos seus poemas sempre que houver novidades.
    Fique com o meu carinho,
    beijos,

    ResponderEliminar
  24. Temos de nos agarrar aos sonhos, para tentar ultrapassar estes dias tão cinzentos que nos acorrentam a alma.
    Belíssimo e pertinente poema.
    Bom domingo
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Nunca perderemos a capacidade de sonhar porque isso iria afogar toda a esperança que temos em dias melhores e diferentes desta tragédia que nos cerca. O seu poema traz-nos uma reflexão sobre o que desejamos e ansiosamente esperamos. Muito bom, minha Amiga Majo.
    Cuide.se bem.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  26. Confesso que acreditava já haver aqui comentado, mas estes últimos dias têm sido confuso para mim. :( Contudo, nunca é tarde para dizer que este belíssimo poema retrata, muito bem, os tempos que vivemos! Meu abraço, amiga; boa semana.

    ResponderEliminar
  27. Voltei para reler seu lindo e reflexivo poema, Majo. Tenha uma linda noite. Grande beijo.

    ResponderEliminar
  28. Olá!

    O poema é o reflexo do bom ou mau que está à nossa volta, ou em nós.

    Gostei da sua reflexão.

    Boa semana para si e os seus!


    ResponderEliminar
  29. Gostei de reler este teu excelente poema.
    Continuação de boa semana, querida amiga Majo.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  30. Muito bom Majo. Não conhecia esreteu blogue de poesia.
    Beijinho, bom fim de semana .
    Todo bem ca por casa.

    ResponderEliminar
  31. Muito bem Majo, um texto muito belo que nos dá forças
    para termos esperança em dias melhores!!!

    "Dos dias molhados escorrem nostalgias,

    envolvidas em quimeras doces de esperança,

    aspirando um porvir purificado, com mais amor,

    justiça, solidariedade e ternura. "
    gostei muito, com muito carinho
    Angela

    ResponderEliminar
  32. Adorei o poema. Inspirador <3
    Gostei muito do Adagio
    Obrigada pela partilha
    Beijinho enorme

    ResponderEliminar
  33. ~~~
    «SOMOS DO TAMANHO DO MUNDO QUANDO TEMOS CORAGEM
    PARA DESAFIAR A VIDA E NOS CONSAGRARMOS VENCEDORES»
    Augusto Cury

    AGRADEÇO A TODOS TEREM REGISTADO AS VOSSAS IMPRESSÕES.

    ABRAÇOS COM VOTOS DE SAÚDE EM DIAS BONS E AMENOS.

    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar

~~~~~~~ 💛 ESTIMADO LEITOR 💛 ~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~ Depois de colocar o seu comentário,
~~~~~~ aceda a «mensagem antiga»
~~~ e leia a que habitualmente lhe deixo.
~~~~~ ~ ~ ~ ~ Muito obrigada... ~ ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~-~~~~~