DIREITOS DE AUTORIA

È proibida a reprodução, cedência, difusão , distribuiçã0, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio eletrónico, mecânico ou fotográfico dos conteúdos aqui publicados, sem o autêntico consentimento prévio e expresso da autora. Excetuam-se desta interdição os usos autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem, com link respetivo, prática usada neste espaço.
~~~~~~
*** Note que em poesia, o 'sujeito poético ou lírico' não tem que ser o 'sujeito autoral', mesmo que o texto expresse a 1ª pessoa do singular.***

Seguidores

sexta-feira, 26 de abril de 2019

~~ PARA SALVAR A SUA VIDA ~~






 >>>.<<<


Foi como brutal bofetada!
Depois de seis meses, o seu idílio
maravilhoso e arrebatador
cobriu-se de sombras corvinas.
O trauma psicológico
magoou de mais:
pela crueza, pelo espanto,
pelo louco e agressivo
acesso de ciúmes.

>.<

Sabia que tinha de cortar
radicalmente,
não ceder a desculpas,
ferir-se com a sua própria dureza
a fim de se livrar de infalível
violência física.´

 >.<    

Ardia a injúria, sangrava
pelo final inevitável.
Urgia ser forte e
como heroína determinada,
 salvar a sua vida;
a tempo.

>>.<<

MajoDutra

ODE A CERTAS ÁRVORES...






... ODE A CERTAS ÁRVORES ...
Neste prodigioso planeta azul,
onde acontece primavera,
certas árvores,
prodígios da natureza,
revitalizam-se
tal como Fénix deslumbrantes.
Cada pequeno ramo recebe 
poderosa e peculiar
ordem genética.
É então, que se cobrem
de magníficos e delicados véus
que mais tarde vão aspergindo e
substituindo por frescas, brilhantes,
vitais folhas verdes.
 ()
Neste admirável planeta azul,
onde acontece verão,
certas árvores
zelosas, maternais,
com a ajuda do astro-rei
criam e protegem seus frutos
do nascimento à maturidade,
fornecendo-lhes nutrientes essenciais
em seiva elaborada com primor.
Dela provém a doçura
de copiosos frutos
atraentes, perfumados,
deliciosamente agradáveis e
 suculentos.
()
Neste portentoso planeta azul,
onde acontece outono,
certas árvores,
repousando
da tarefa da criação,
vão perdendo suas copas coloridas, 
tristemente fenecidas.
Refazem seu interior e preparam
a sua renovação
num repouso profundo
Ainda abrigam
algumas aves não migrantes
que nelas procuram
um refúgio.
()
Neste fascinante planeta azul,
onde acontece inverno,
certas árvores
ficam adormecidas
aparentemente.
A ciência diz
que não sentem, pois
não possuem sistema nervoso;
porém seu imo está alerta,
  sensível à temperatura
que determina seus ciclos.
Aves residentes
apreciam tomar sol
nos seus ramos.
()
Neste fantástico planeta azul,
certas árvores
são seres formidáveis.
  ()()()()()
MajoDutra
 NicolletaTomasCaravia

terça-feira, 23 de abril de 2019

... JÁ FOI POEMA...




  ~~~~~~~~~~~~




Foi muito admirada
assim como respeitada,
por possuir beleza rara,
figura escultural,
porte sereno e distinto
e uma pele acetinada
que sugeria mil carícias.
*
De muitos candidatos,
elegeu o seu formoso poeta
que a tratou como sua rainha
adorada e desejada musa.
Viveu a felicidade suprema,
porém, com recursos
bem exíguos.
 *
Hoje vive só,
em profunda solitude,
coração que apenas pasma
de ausência e saudade.
Sem vigor, sem sonhos,
idosa e debilitada, a
pensão só lhe permite
 uma vida triste,
carente e modesta.
   *
Tem vizinhos bondosos;
como consolação e lenitivo,
livros de poemas
encantadores que inspirou
no seu tempo áureo
e glorioso.

*
 ******
MajoDutra
 Pintura de Andrei Belichenko

  ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

sábado, 20 de abril de 2019

🔔... PÁSCOA... SETE DE SETE...



🔔 VAMOS BRINCAR COM A CHICA ~ 16 🔔

~~ Aqui ~~

1-
Prato é utensílio de mesa muito antigo.
2.
Uma jarrinha de flores é utensílio indispensável.
3.
O cadelabro é utensílio que não dispenso.

4.
Forma de bolo é utensílio muito prático.
5.
Prato de bolo é um belo utensílio.

6.
Cesto é um utensílio de transporte seguro.
7.
Coelhinho é utensílio de brincadeira de criança.

             🙋‍♀️                                                     
 *****

quinta-feira, 18 de abril de 2019

~ COMO UMA EREMITA

                  



 Na Semana Santa
fala o menos possível,
afasta-se do ruído, do alarde
e recolhe-se em
silêncio
meditativo,
aprecia viver
como uma eremita.
Reúne-se intimamente
 com as grandes obras divinas:
montanha ou oceano.
Junto do mar,
alia-se à vida marinha,
contempla
a esplendorosa abóbada azul
e olha com ternura
as graciosas aves do céu.
Adora ouvir marulhar,
 sentir a carícia
da brisa no rosto e na pele,
notar como aspira
o ar vital
olente de maresia.
Em rigor e pormenor,
-- com veneração --
faz a sua passagem pascal
meditando em si,
em Deus
e no mundo.
 ******
 MajoDutra
     ~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~

terça-feira, 16 de abril de 2019

~~ PIOR QUE VESPÃO ~~




Brincando de poesia com a Chica

             

~~  ~~
Há no mundo seres
que nos encantam,
mesmo sem quereres,
versos inspiram.
~~
Outros, arredios,
sempre feros, hóstis,
são animais bravios
ferem por um triz.
~~
Seres detestáveis
são humanos fingidos,
parecem amáveis,
mas são corrompidos.
~~
Piores que vespão,
nosso íntimo só
ferem e sangram;
sem alma; sem dó.
~~~~~
MajoDutra

Foi a primeira vez que trabalhei com versos de cinco sílabas poéticas.

sexta-feira, 12 de abril de 2019

~ MENININHA AIROSA




*
 Menininha graciosa,
airosa.
Vinda do colégio
parava à porta do ateliê
que era loja, curiosa,
airosa.
Tudo olhava.
 A evolução da obra
seguia, talentosa,
airosa.
O pintor já
esperava sua visita.
Foi crescendo, formosa,
airosa.
Um dia, o artista comparou-a
a uma borboleta
e pintou-a gloriosa,
airosa.
A menina não entendeu
a relação consigo
admirou a obra, ditosa,
airosa.
Um dia, ele a explicará à menina 
graciosa, talentosa,
formosa, gloriosa, ditosa...
airosa.
******
MajoDutra
 *
Filha única que era
adorava ler
desde menininha.
Também adorava pintura.
Tinha, há vários anos,
um amigo artista.
A pintura era uma atração
pelo belo.
A leitura era descoberta,
evasão lúdica,
bom divertimento
assegurado.
Há algum tempo sonhava
ser pintora
ou escritora,
ou as duas coisas.
O amigo artista dizia
que teria sempre sucesso,
seria famosa,
porque era talentosa e
primorosa.
******
 MajoDutra

quinta-feira, 11 de abril de 2019

~ AVIVAR ~ SETE DE SETE





1.
Olha o mar... está a avivar memórias...
2.
Melhor seria avivar o momento presente, fruindo-o.

3.
Tem trepadeiras a avivar portas e janelas.
4.
 O rosa consegue avivar bastante o branco.

5.
Fatinho de bailarina para avivar aquela alegria...
6.
É um avivar do sonho de princesinha.

 7.
Com bandolete, a avivar o charme natural.
~~ *** ~~

sexta-feira, 5 de abril de 2019

~ TANTAS MEMÓRIAS!




É a foto que recorda
a saudade mais profunda,
a mais pungente:
a saudade
de sua mãe que havia partido
recentemente.
*
O vestido, a mãe o fizera dum modelo
que a sua menina elogiara,
e com a cor que ela
mais gostava.
Ainda é preservado como
um tesouro.
*
Um primo acompanhou-a
na visita à velha casa
que foi da avó
e que passou a ser dela.
Tantas memórias!
Tanto amor!
*
Lembrou o Poeta...
«Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite...»
Passaram-se muitos anos...
Mãe não tem, mesmo, limite.
******
MajoDutra

quinta-feira, 4 de abril de 2019

~~ RELAXAR ~~






* * * * * * * *

 Quando da vida agitada
saturamos,
nada é melhor
 do que guardar os relógios,
 relaxar,
descontrair
num local calmo,
aprazível,
de acordo e em contato
com a natureza,
como se fosse um regresso
ao primordial
Paraíso... ou Éden...
Optimiza o corpo e o espírito
de modo inestimável.
Como efeito,
a vida passa a evoluir
com outro vigor,
novo brilho,
pelo que deverá ser
uma regalo agendado e
programado
com o maior zelo
e carinho.
******
MajoDutra
«

SETE DE SETE ... FÔLEGO...


»»» Estimados Amigos «««
Aos meus companheiros desta blogagem coletiva.
Regras são regras.
Com muita carinho, convido-os a verificarem a definição de frase... Aqui
Após um ponto (. ? !) termina a frase.
Abraços cordiais 


VAMOS BRINCAR COM A CHICA ~ 14



 1ª
Haja fôlego para um bom beijo amoroso.
Há momentos importantes de tirar o fôlego!
Amor deve tirar fôlego, não o sono.
Balões!
De tanto me rir, perdi o fôlego.
Haja fôlego para ceifar todo este trigo.
Um ocaso belo, faz-me perder o fôlego. 
 7ª
 Vamos embora, se correr fico sem fôlego.
MajoDutra
   🙋‍♀️