DIREITOS DE AUTORIA

È proibida a reprodução, cedência, difusão , distribuiçã0, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio eletrónico, mecânico ou fotográfico dos conteúdos aqui publicados, sem o autêntico consentimento prévio e expresso da autora. Excetuam-se desta interdição os usos autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem, com link respetivo, prática usada neste espaço.
~~~~~~
*** Note que em poesia, o 'sujeito poético ou lírico' não tem que ser o 'sujeito autoral', mesmo que o texto expresse a 1ª pessoa do singular.***

Seguidores

domingo, 24 de novembro de 2019

.~~ VENDAVAL ~~



 A tempestade de Vivaldi



~~~~~~~~

Deleita o mar calmo, a sua pureza,

A margem areada que se preza;

Quando brando serena num ninar

Que tem todo o poder de relaxar

*

Apaziguando simples nostalgias. 

Infinitos azuis, sublimes dias,

Maresia aromática e tocante.

Porém, se vento forte o leva avante,

 * 

Fero, desesperado, ele protesta,

Os amigos afasta, acaba a festa,

Ruge e tudo revolve embravecido.

*

Temível temporal, atroz bramido!

As gaivotas em terra aguardam vez,

Nós olhamos chocados tal rudez!

 * * * * *
MajoDutra 
Pintura de Ivan Aivazovsky
Soneto

28 comentários:

  1. Bonito soneto.
    Gostei da tempestade musical. As reais assustam-me.
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha começar o dia a ler poesia tão bonita. Saio daqui maravilhado
    .
    Abraço
    Domingo de Paz e Amor.

    ResponderEliminar
  3. Muito0 lindo,Majo! Deixo meu beijo, aqui bem feliz com chegada do filhão! chica

    ResponderEliminar
  4. Quando a beleza não tem preço ... Majo, Vivaldi e Ivan.

    Beijão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ao lado de Vivaldi e Ivan, só mesmo, um coração de ouro.
      Beijos, Amigo.

      Eliminar
  5. Como sempre os seus poemas e a postagem na totalidade são cheios de beleza e brilhantismo!!

    -
    As nossas mãos selam os compromissos
    Beijo e um excelente Domingo

    ResponderEliminar
  6. Um vendaval de beleza, aqui neste poema:)) Adorei

    Hoje : O teu respirar ainda preenche o meu peito

    Bjos
    Votos de um óptimo Domingo.

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde Majo,
    Um poema magnífico.
    O mar é sempre inspirador qualquer que seja o estado em que se encontre: calmo ou tempestuoso, não deixando de nos encantar com a sua beleza.
    Vivaldi a despertar-me nesta tarde chuvosa e escura.
    Um beijinho e continuação de bom domingo.
    Ailime
    (Qual a interação com Rejane Tazza (Chica))?

    ResponderEliminar
  8. Poema marinho, sereno e belo. Mas, por vezes, revolto versar. O bom é que, como na vida, tudo passa.

    Te convido para ler: 😎 Fina matéria, a vida, perfume do viver.
    Um abraço. Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  9. ¡Hola, precisa amiga!

    Has creado un soneto exquisito, dedicado a ese mar bravío-revuelto de Vivaldi que me encanta. Eres una gran poeta, ese soneto hecho con versos gemelos, no es nada fácil, hay que tener mucho talento poético y a ti te sobra, es poesía de arte mayor y te quedó fantástico.

    Mi enhorabuena.

    Ha sido un inmenso placer leerte.
    Un abrazo y mi inmensa gratitud.

    Ten una feliz semana.

    ResponderEliminar
  10. Teu mar austero, Majo, dá-me medo!
    Esse é o mar do bravio marinheiro
    Que destemido o enfrenta sobranceiro,
    Tal ao marujo português, sem medo!

    Meu mar é o de um covarde moço ledo
    Que não conhece o lado traiçoeiro
    Desse teu mar que é todo um só inteiro
    E é meu mar sem mistério ou segredo.

    Tu és dona do mar - Mar Português
    E eu no mar, sou um aprendiz, talvez,
    Que o sonha vindo a mim beijando a areia

    Enquanto o aprendiz de quando em vez
    Só olha o espumar branco que ele fez
    Ouvindo o estourar da espuma alheia.

    Está ótimo teu soneto, amiga! A cada dia a gente se descobre mais, Majo! O importante é que estás deixando uma lição de amor e um rastro de poesia na tua trajetória. Um pecado que Deus não nos perdoa é poder plantar sementes de lirismo para que nossos vindouros colham luzes de poesia, e não o fazer. Parabéns por semeares amor, luz e poesia ao nossos vindouros, Majo! Grande abraço! Laerte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estimado Amigo
      Agradeço muito a delicadeza e atenção.
      Abraço grande.
      ~~~~

      Eliminar
  11. O mar. Sereno ou bravo é sempre um maravilhamento olhá-lo em seu desmedido azul… Um soneto muito belo, minha Amiga Majo.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  12. Momento doce...
    Boa semana, bom dia!

    ResponderEliminar
  13. Um belo vendaval poético e um som incrível!!! Bj

    ResponderEliminar
  14. Belo soneto de quem ama o mar. E muitos mais nascerão na imensidão azul.
    Beijos, amiga Majo! Parabéns.

    ResponderEliminar
  15. Esse, tão, lindo soneto de saudade,
    que a poetisa, calmamente, escreveu
    Para afastar a medonha a tempestade
    que sobre aquele doce mar se abateu!

    Tenha uma boa noite cara amiga Majo Dutra. Um abraço.

    ResponderEliminar
  16. Belos versos ao mar... que tanto se parece com as nossas vidas, em suas calmarias e tempestades! Lindo, também, o vídeo; tudo a ver! Obrigado, amiga, pela partilha; boa semana!

    ResponderEliminar
  17. O soneto vai se elevando em ondas. É o mar que vai sendo descrito e personalizado pela poeta. Gosto muito , quando o poema nos mostra grandes intensidades adversas. Muito lindo. Grande beijo, Majo. Feliz noite.

    ResponderEliminar
  18. A beleza do mar mesmo nos dias cinzentos de tempestade... Escreve histórias, conta histórias e confessa medos...
    Lindo...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  19. Beleza e reflexão no poema e música. Nos vendavais da vida precisamos "poetizar e dançar conforme a música"... Com Deus presente a caminhada é alegre, divertida e doce!...
    Boa terça-feira... Bjs

    ResponderEliminar
  20. Mais palavras para quê! Simplesmente um poema maravilhoso que dá gosto e prazer ler
    .
    Um dia feliz
    Abraço

    ResponderEliminar
  21. Um belo poema comum momento muito intenso com a chegada do vendaval que sempre assusta um pouco. Linda música!
    Tudo bem, um grande abraço.
    Élys.

    ResponderEliminar
  22. Belíssimo poema querida Majo! :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  23. Uma linda pintura ainda que mostre a fúria marinha.
    Seu poema uma lindeza amiga nesta explosão de inspiração.
    Muito lindo com meus aplausos. Poesia é vida é encantamento Majo.
    Que bom você cada vez mais poesia.
    Beijo

    ResponderEliminar
  24. Gostei desse embalo de mar bem rimado, ainda que bravo, encrespado.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  25. ~~~
    AGRADEÇO SENTIDAMENTE O VOSSO CARINHO E INCENTIVO.

    A CADA UM, O MEU ABRAÇO AMIGO E CARINHOSO.

    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  26. As tempestades poéticas encantam-me minha amiga mas as reais apavoram-me
    Beijinhos doces amiga

    ResponderEliminar

~~~~~~~ 💛 ESTIMADO LEITOR 💛 ~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~ Depois de colocar o seu comentário,
~~~~~~ aceda a «mensagem antiga»
~~~ e leia a que habitualmente lhe deixo.
~~~~~ ~ ~ ~ ~ Muito obrigada... ~ ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~-~~~~~