DIREITOS DE AUTORIA

È proibida a reprodução, cedência, difusão , distribuiçã0, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio eletrónico, mecânico ou fotográfico dos conteúdos aqui publicados, sem o autêntico consentimento prévio e expresso da autora. Excetuam-se desta interdição os usos autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem, com link respetivo, prática usada neste espaço.
~~~~~~
*** Note que em poesia, o 'sujeito poético ou lírico' não tem que ser o 'sujeito autoral', mesmo que o texto expresse a 1ª pessoa do singular.***

Seguidores

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

... UM FELIZ ANO NOVO ...





 ... Tempo de Amor ... 


Desejo a todos os Amigos e
Companheiros destas lides criativas, um
Ano  Novo  Muito  Feliz
 repleto de excelentes concretizações e
sucessos edificantes. 

Não deixe de orar pelos que passam por
maus momentos a nível pessoal,
nacional ou mundial...

~~ Renasceu!  ~~

Tudo tinha desmoronado!
Tudo estava aniquilado... em cinzas...
Nada tinha restado do colapso desvastador!
Uns olhos vazios miravam o infinito...
Apáticos... Atónitos...
Eis que algo estremeceu no incinerado,
como um coração pulsante...
Logo sacudiu a cinza e, como magia, surgiram
 as suas belíssimas penas irisantes!
Como uma Fénix sublime e libertadora,
renascia poderosa,
 a Esperança!
 ******
MajoDutra

~~ Tchim-Tchim! ~~

 Brindemos à esperança! 

Um Bom Ano para nós e para a humanidade.

🔸 Mensagem do Papa Francisco ...Urbi et Orbi  🔸
... Aqui ...

 ~~ Abraços cordiais ~~ 



🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸🔸

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

... SONETO DE NATAL ...


Quando um um cello também pronuncia 'Benedictus'!
Solo de Hauser com a Orquestra Sinfóunica de Zagreb
e um coro belíssimo. Maestrina Elisabeth Fuchs.




Adoração dos Pastores - 1660 - Josefa de Óbidos


... LUMINÁRIA DO MUNDO ...

Para ser Luz, vieste a um rude Mundo
De imensa e dura treva adormecido.
Ainda céticas vozes em bramido
Descrêem neste mistério profundo:
 *
Deus consagrado e Filho oriundo
Do poder divinal puro e assumido.
Cada ano, no final, é por mim tido
Como certo, louvar; de amor inundo
 *
Todos os meus espaços, na alegria
Sã de vivenciar, ó Salvador,
Teu terno Natal, chama luzidia
 *
Dos pastoris olhares. Onde for,
Canto e proclamo: nada deveria
Pretender ofuscar Teu resplendor.

*****
MajoDutra

~~ BOAS  FESTAS ~~

 OS  MEUS  ABRAÇOS  CORDIAIS

 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~   

  ... EM RECESSO ... 

((((((((((O)))))))))O((((((((O)))))))))
     Soneto

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

O PODER DA MÚSICA



)))))))) O ((((((((

Liam na sala aquecida
envoltos em suave música,
com ela circulavam bailando
aromas e hormonas,
um deleite sensual suave
 em momentos íntimos deliciosos,
como se Vesta tudo harmonizasse.
Quando surgiu aquela música
poderosa que os inebriava,
fecharam os livros,
ele levantou-se e
segurando-lhe a mão, ergueu-a,
ela sorriu,
ele seduzido beijou-a.
Oh, fremente e intenso portento!
Ergueu-a nos braços
e recostou-a amorosamente
no tapete, 
junto à lareira.
**
Êxtase de pura emoção!
Música e beijos mimavam a pele
 e o mais profundo da  alma.
  
 *****
 MajoDutra

 Arte de Tomasz Rut

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

... JÁ FOI POEMA ...



Foi tão admirada
e, mesmo, venerada!
Possuía beleza invulgar,
uma figura escultural,
porte sereno e distinto,
pele pura e acetinada.
Como Vénus real.
*
De muitos candidatos,
elegeu o seu formoso poeta
que a tratou como sua rainha
adorada e desejada musa.
Viveu a felicidade suprema,
porém, com recursos
bem exíguos.
*
Hoje vive só,
profunda solitude!
Já partiram os amigos
das tertúlias literárias.
Sem vigor, sem sonhos,
sua pensão só permite
uma vida carente.
*
Tanta ausência!
Tem vizinhos bondosos
e seu lenitivo sustentador:
seus amados livros de poemas
encantadores, que inspirou
num tempo glorioso
de deusa terrena.
 ******
MajoDutra
 Pintura de Andrei Belichenko

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

QUERIDA COMEMORAÇÃO ...




 ~~ ººº ~~


     Naquele momento, pareceu frágil e sério, perdendo a sua natural audácia...
     Pediu-me para irmos tomar ar e assim saímos do rutilante salão onde se tocava gentil
     música dançante e, com grande engenho, conduziu-me no perfumado jardim para um
     recanto apenas banhado por um doce e argentino luar.

     Foi então que, com voz embargada e tremente, me confessou em surdina o profundo
     amor guardado com imenso carinho no cofre do seu peito.
     Amor correspondido é algo divino e sublime!
     Planámos numa esfera superior à terrestre, em comovente solidariedade com toda a
     humanidade e integrados no universo. Foi uma das nossas mais jubilosas festas de
     ternuras e juras, uma das nossas melhores memórias de paixão que comungamos.

     Hoje, sete anos volvidos, solitária, regressei ao saudoso lugar completamente exausta. 
     Fui uma guerreira! Agora que passou a dureza da peleja, noto o cansaço. Pranteei toda
     a dor que tinha sufocado aliviando a alma, enfim, liberta. Deus!... Orei.
     Com o último transplante, a equipe de médicos assegurou que a leucemia estava, para
     sempre e seguramente, vencida.
     Foi uma luta poderosa! Lado a lado, vencemos.

     Daquele nicho do nosso jardim predileto, fui para a clínica festejar a desejada e querida
     comemoração do septénio do nosso amor.
              ~~~~~~~~~~~~
                                        MajoDutra
                           Pintura de Fabian Perez
   Conto

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

... UMA FOTO ...




~~ *** ~~


~~ * * * * * * * ~~

 Tão tristonhos estão teus olhos belos,
 Menina linda! Cedo e já te doem
Males graves, viste como também
Se podem  desfazer o amor e os elos.

*

Titi estava feliz com esta festa.
Pôs-nos lindas, radiosas, tal fadas 
Deslumbrantes; mas seu génio por nadas
Arma vendaval e foi mais um nesta

*

Linda manhã: seu amor tinha enviado
O amigo com carta e um ramo de rosas,
Titi ao chão atirou as flores cheirosas,
 O papel jogou fora, amarrotado.

   

Mamãe ao ler o pobre bilhete roto
Exclama que o atraso era só duma hora!
Apanho as lindas rosas, Titi chora,
Papai sempre jocoso faz a foto.

*   

Foi uma briga longa, feia e tenaz!
Titi aprendeu a controlar-se, cresceu,
Porém, foi a triste foto que ao par meu
Paipai cedeu, que os tocou e efetuou a paz.

 ******

MajoDutra