DIREITOS DE AUTORIA

È proibida a reprodução, cedência, difusão , distribuiçã0, armazenagem ou modificação, total ou parcial, por qualquer forma ou meio eletrónico, mecânico ou fotográfico dos conteúdos aqui publicados, sem o autêntico consentimento prévio e expresso da autora. Excetuam-se desta interdição os usos autorizados pela legislação aplicável, nomeadamente o direito de citação, desde que claramente identificada a autoria e a origem, com link respetivo, prática usada neste espaço.
~~~~~~
*** Note que em poesia, o 'sujeito poético ou lírico' não tem que ser o 'sujeito autoral', mesmo que o texto expresse a 1ª pessoa do singular.***

Seguidores

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

** CREPÚSCULO **


Noturno de Chopin 20, em Sharp Minor

... Nix,  a poderosa deusa da noite ...


* * * * * * * *

 Finda mais um esplendoroso dia de sol.

A formosa Heméra está prestes a entrar; sua mãe, 

Nix, apressa-se a sair do majestoso palácio.

*

Ainda sorriem no horizonte nuances róseas

por entre leves estratos acinzentados,

soa o rufar das ondas quebrando no areal,

adivinha-se a suave espuma branca

afagando a macia e acolhedora praia

que também é meu chão preferido.

*

Aspirando e saboreando a paz profunda

da magnífica e vasta baía escurecida,

eis que toda a paisagem se ilumina

num espetáculo deslumbrante!

Para além da estrada agora cintilante, 

em anfiteatro, reluz Lagos além estuário.

*

Hoje, o brilho feérico parece-me vão.

Vagueia por todos os povoados o

melodioso e estranho canto de Melpómene!

De súbito, estremeço de susto  pensando:

Será que este ar puro, iodado de maresia

também pode estar contaminado?!

*

Cerrei portas, iluminei o meu terno ninho,

recolhi-me à aconchegante proteção de Héstia.

*******

MajoDutra

 ... Heméra, filha de Nix, a deusa do Dia ...

            Mitologia grega

       Segundo Hesíodo, as deusas Nix e Heméra vivem no mesmo palácio, mas nunca se juntam.

       Héstia é a deusa virgem, protetora dos lares.

       Melpómene é uma das noves musas - a da tragédia.  O seu canto é alegre e harmonioso.

           Pinturas de autores desconhecidos.

26 comentários:

  1. muito belo este seu poema
    onde a mitologia é berço
    mas os tempos são de poluição.
    como seria Lagos nos primórdios
    da dita civilização?
    hoje pouco resta daquela beleza natural.
    gostei muito.
    um beijo

    ResponderEliminar
  2. A mitologia tem muito de opulência que não sei se verdadeira. Talvez seja
    Gostei demais do poema. Lindo demais.
    .
    Votos de um dia feliz
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. A começar pelo NOTURNO de Chopin, passando pela tua poesia, ilustrações...TUDO lindo! beijos, ótimo dia! chica

    ResponderEliminar
  4. Uma publicação encantadora!! :)
    ~
    Estranha viagem...
    ~
    Beijo e um excelente dia

    ResponderEliminar
  5. Apesar de tudo... continuemos a sonhar que o Mar se apaixona pela areia e o murmurar das ondas é o culminar dessa paixão....
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde Majo,
    Um poema maravilhoso que a mitologia grega ajudou a realçar.
    Gostei imenso e imaginei Lagos à noite através das suas belas palavras poéticas.
    A música em plena sintonia.
    Um beijinho e uma boa quinta feira.
    Ailime

    ResponderEliminar
  7. Pensando bem, a contaminação é generalizada...
    Magnífico poema, muito inspirado.
    Bom resto de semana, querida amiga Majo.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  8. Un precioso poema con un guiño a la mitología. Atractivo y bello.
    Me encantó ese verso que dice: Los matices rosados ​​aún sonríen en el horizonte.
    Un placer la lectura Majo.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  9. Bela imaginação!
    Que a Luz do dia nos ilumine sempre e os nossos lares possam ser sempre o nosso recanto reconfortante.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Esse seu passeio pela mitologia lhe proporcionou versos magníficos. Infelizmente, a contaminação está em todos os lugares não preservados. E nossos lares continuam a ser ninhos de luz. Bjs.

    ResponderEliminar
  11. Poético sol a versar suas luzes na tela do horizonte; dia que vai, noite que chega prenunciando outro dia que virá. Maresia acordando reflexões, pensares, sentires...

    Um abraço. Tudo de bom.
    APON NA ARTE DA VIDA 💗 Textos para sentir e pensar & Nossos Vídeos no Youtube.

    ResponderEliminar
  12. Majo,
    Bravíssimo!
    Bjins de boa sexta-FEIRA.
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  13. Olá Querida Majo,
    Que criatividade!!! Adorei este belíssimo poema ♥
    Desejo-lhe um fim-de-semana feliz e em segurança!
    Beijinho ♥

    ResponderEliminar
  14. Um Crepúsculo cheio de encantos e mistérios... A música é linda e embala muito bem os versos...
    Bom fim de semana... Bjs

    ResponderEliminar
  15. Ei, querida majo! Gosto imenso dessa sua grandiosa criatividade ! Seu poema é de uma beleza extraordinária , digno das inspirações das ninfas ! Grande beijo. Feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  16. Querida Amiga Majo, é interessante observar, como e de onde nos vem a inspiração, imprescindível e necessária, para os artistas... A sua quero crer que começou com um noturno de Chopin, e depois pela mitologia grega...Olhe no que resultou um lindíssimo poema a noite dando lugar as luzes do dia... E por fim a busca de proteção à deusa protetora dos lares.
    Maravilhosa poesia, viajei com ela em todos os versos como num filme...
    Parabéns amiga, sei que o medo vive nos afrontando, mas um dia tudo isso passará, e sua inspiração será de paz e confiança no futuro.
    Beijinhos com carinho e admiração.
    Léah

    ResponderEliminar
  17. Belo poema e música que o acompanha!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  18. O crepúsculo inspirou-te e foste buscar na mitologia a magia e grandiosidade das deusas compondo com graciosidade e requinte um poema memorável
    Meus aplauso querida amiga
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. A mitologia que a inspirou para este excelente poema dá-nos a Natureza em todo o seu esplendor na hora mágica do crepúsculo. Ouvir Chopin é um privilégio.
    Cuide-se bem, minha Amiga Majo.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  20. Obrigado por este maravilhoso momento de poesia.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Por deusas és endeusada
    Ao cantar em terno canto
    Sobre elas! Com espanto,
    As deusas te acharam ousada
    Em seres deusa encantada
    Tais as mesmas, porém, mais:
    És um ser entre os mortais
    Qual imortal poetisa
    Tão suave quanto a brisa
    Branda e sem rituais!

    Abraço fraterno! Laerte.

    ResponderEliminar
  22. Belo poema, de mitológica inspiração! Meu abraço, amiga; boa semana1

    ResponderEliminar
  23. MAjo
    a mitologia lhe trouxe inspiração para fazer um rico trabalho poético.
    e a ouvir Chopin
    Muito bem.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  24. É tão lindo este olhar, este momento único de ver a transição do dia para a noite.
    Uma fusão de cores, um momento mesmo mágico e inspirador, que você belamente se
    deixou levar em bela poesia em linda construção.
    Aplausos Majo.
    Beijos

    ResponderEliminar
  25. MARAVILHOSO, este divagar tão teu entre a mitologia grega e esse olhar voluptuoso para um LAGOS que por si só já enamora, e ainda mais nessa hora crepuscular... e a música do grande nestre a ajudar!
    Gosto, obrigado.
    Abraços de vida, cuida-te muito.

    ResponderEliminar
  26. ~~~
    «DE TODOS OS CANTOS DO MUNDO
    AMO COM UM AMOR MAIS FORTE E MAIS PROFUNDO
    AQUELA PRAIA EXTASIADA E NUA,
    ONDE ME UNI AO MAR, AO VENTO E À LUA.
    Sophia Andresen
    Referindo-se à praia que citei

    A PAISAGEM É MUITO BELA -- CONVIDA À INTERVENÇÃO DOS DEUSES. (SORRISOS)

    GOSTEI DE SABER QUE APRECIARAM, AGRADEÇO O REGISTO DO VOSSO PARECER.

    DIAS DE CAUTELA, DE PACIÊNCIA E CRIATIVIDADE.

    ABRAÇOS DE BOA CUMPLICIDADE POÉTICA.

    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar

~~~~~~~ 💛 ESTIMADO LEITOR 💛 ~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~ Depois de colocar o seu comentário,
~~~~~~ aceda a «mensagem antiga»
~~~ e leia a que habitualmente lhe deixo.
~~~~~ ~ ~ ~ ~ Muito obrigada... ~ ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~-~~~~~